O canoísta Isaquias Queiroz, maior medalhista olímpico em uma edição de Jogos Olímpicos, poderá ter a sua imagem eternizada em uma estátua na cidade de Ubaitaba, onde nasceu. A proposta da homenagem foi apresentada na noite dessa quarta-feira, 10, no Rotary Club de Ubaitaba, pelo presidente da entidade, jornalista Humberto Hugo de Almeida que é um dos precursores da canoagem na localidade banhada pelo Rio de Contas. A elaboração e construção do monumento ficará a cargo do concepcionador plástico Renart. O artista, residente em Itabuna, acolheu a ideia com muito entusiasmo. O modelo da peça será o gesto de Isaquias ao conquistar uma das provas olímpicas. Isaquias será o primeiro atleta homenageado com uma estátua Ubaitaba. A cidade tem revelado outros grandes canoístas e presenteou o Brasil com a genialidade poética do cantor e compositor Fernando Lona. Ícone do esporte local , o medalhista olímpico tornou-se motivo de honra para seus conterrâneos e compatriotas, contribuindo para que Ubaitaba se consolidasse como o berço da canoagem brasileira. “A estátua na entrada da cidade , à margem da movimentada BR-101, lembrará a todos que por ali passarem os feitos do grande Isaquias Queiroz”, ressaltou Humberto Hugo. O jornalista lembra que na última disputa olímpica em 2016, no Rio de Janeiro, Isaquias conquistou duas medalhas de prata pelo C1 1.000m e C2 1.000m, e um bronze ao disputar o C1 200m.” Esperamos que nas Olimpíadas de Tóquio, no ano que vem, ele consiga fazer bonito novamente”, acrescentou Humberto Hugo. PIONEIROS Acumulando ouro e prata nas mais importantes competições da canoagem internacional, Isaquias Queiroz é resultado do pioneirismo de Humberto Hugo e outros antigos canoístas ubaitabenses, a exemplo de Mario Rui, Paulo Rogério e Nego Lidio, além do bem articulado José Carlos Lona. Juntamente com Mario Rui e Paulo Rogério, Humberto Hugo fundou, no ano de 1985, a Associação Cacaueira de Canoagem (ACC) tornando-se o primeiro presidente da entidade. O objetivo era estimular a pratica esportiva náutica e a preservação do Rio de Contas. Os bons resultados começaram a aparecer e foram mais longe do que se imaginava. Grande parte da historia da canoagem em Ubaitaba, inclusive o inicio da trajetória vitoriosa de Isaquias Queiroz, está registrada no jornal Tribuna da Região , fundado por Humberto Hugo e em circulação desde os anos 80. (Redação: José Américo Castro/Giro em Ipiaú) 

> divulgue

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here