Um momento de integração dos estudantes, apresentação dos projetos educativos e artísticos que vem sendo desenvolvido em sala de aula e uma oportunidade de ampliar os conhecimentos. Assim foi a Feira do Saber, realizada nesta quinta feira em Taboquinhas, contando com a participação de estudantes das séries iniciais e Ensino Fundamental I e II da rede municipal de Itacaré do distrito e de todas as escolas do campo. A realização foi da pela Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Educação e sub-secretaria de Taboquinhas, com o apoio de todas as unidades escolares da sede do distrito e da zona rural.

O objetivo do evento foi promover um espaço cultural e educativo onde as escolas tiveram a oportunidade de mostrar os projetos desenvolvidos nas áreas de literatura, ciências, arte e cultura. O evento contou com apresentações artísticas, contação de histórias, exposições de trabalhos realizados nas unidades escolares e mostra dos projetos que cada colégio desenvolve visando estimular a cultura dentro e fora das salas de aula. Tudo isso sem contar com brincadeiras educativas.

A feira do aberta foi aberta pela Fanfarra de Percussão de Taboquinhas (Fampet). Em seguida, a secretária municipal de Educação, Eliane Camargo, falou do compromisso do prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, de promover uma educação cada vez mais inclusiva, valorizando a cultura local e promovendo cada vez mais a busca do conhecimento.

De acordo com Eliane Camargo, seguindo essa orientação, cada escola vem realizando projetos culturais e artísticos com os seus alunos, mas é preciso estar compartilhando essas experiências e conhecimento entre as unidades escolares, daí a iniciativa de realizar a Feira do Saber, com estandes e espaços para a apresentação desses trabalhos. A subsecretária de Educação, Alessandra Machado, também falou da integração entre as mais diversas unidades escolares e a qualidade dos trabalhos apresentados por cada escola.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, parabenizou as escolas municipais e os professores das mais diversas disciplinas pelo incentivo a arte e a cultura dentro das unidades de ensino, estimulando as crianças e adolescentes para que tenham o interesse e o acesso a informação, ampliando cada vez mais os conhecimentos. Ele explicou que projetos como esses só fazem complementar o ensino, possibilitando o contato do aluno com a arte e mostrando o verdadeiro papel da escola de formar cidadão e cidadãs e promover de fato uma educação que encanta e transforma vidas.

> divulgue

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here