Pacientes amputados de Itacaré ganham vida nova com próteses e cadeiras de banho fornecidas pela Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde em parceria com o Governo do Estado da Bahia. O objetivo desse trabalho, segundo informou o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, é garantir mais mobilidade, liberdade, alegria e muito mais independência para os pacientes, que a partir de agora passam a ter uma nova vida. E o trabalho, segundo o prefeito, está continuando com novos pacientes sendo assistidos e beneficiados.

Na lista de pessoas que receberam novas próteses estão as aposentadas Carmelita Silva Santos, que recebeu duas próteses e uma cadeira de banho, Luzia Costa Santos e Maria Chagas Souza. A vida de Dona Maria Chagas, do bairro Santo Antônio, por exemplo, agora é só alegria. Antes vivia em casa, dependendo de uma cadeira de rodas para se movimentar. Agora ela já vai à rua sozinha, visita as amigas em outros bairros 
e realiza as tarefas domésticas. Dona Carmelita, também do bairro Santo Antônio, mudou completamente sua vida. Tinha amputado as duas pernas por conta da diabetes, vivia em casa, mas agora até viagens está fazendo, compartilhando a sua alegria de viver.

O secretário municipal de Saúde, Ricardo Lins, destaca a importância desse trabalho. Segundo ele, a amputação de um membro traz traumas e dificuldades para o exercício de atividades rotineiras. Essas marcas, porém, podem ser superadas. Visando ajudar os pacientes itacareenses nesse desafio, um papel importante vem sendo desempenhado pela secretaria municipal de Saúde.

Amputação é o termo utilizado para definir a retirada total ou parcial de um membro, sendo este um método de tratamento para diversas doenças. É importante salientar que a amputação deve ser sempre encarada dentro de um contexto geral de tratamento e não como a sua única parte, cujo intuito é prover uma melhora da qualidade de vida do paciente.A reabilitação deverá contar com uma equipe multiprofissional que pode ser composta, por exemplo, por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e psicólogos, como vem ocorrendo em Itacaré.

> divulgue

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here