O Tribunal de Contas da União- TCU, nesta quinta-feira, 3, julgou procedente o recurso interposto por Moacyr Leite Júnior contra o acórdão, no qual o tribunal havia julgado irregulares suas contas no tocante ao convênio 639/2000, celebrado entre a Prerietura de Uruçuca e o Fundo Nacional de Saúde, tendo o condenado em débito e multa.

Em revisão do julgamento, os Ministros do Tribunal de Contas da União, reunidos em sessão do plenário, seguiram o voto do relator e deram provimento ao recurso para reformar o acórdão e julgar as contas regulares.

Em pronunciamento em praça pública para o povo de Uruçuca nesta quinta-feira, Moacyr Leite Júnior disse, emocionado, que a justiça foi feita. “Colocaram várias pedras em nosso caminho, fizeram de tudo para nós prejudicar e conseguimos remover todas as pedras. Nossos adversários tinham certeza que não conseguiríamos, mas provamos tudo. Essa decisão me deu mais forças e vontade de trabalhar ainda mais pela comunidade. Vamos continuar no caminho certo, e nós vamos prosseguir trabalhando pelo bem do nosso município.”, garantiu.

> divulgue

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here